silhouette of happy family ride bike outside  and walking to filed, freedom and peace concept

O maior dos presentes

Estamos no final do ano. Esta é uma época marcada pela troca de presentes. Costumamos dar e receber presentes neste período. É uma época de festa, alegria, refeições em família, risos, gratidão, etc. Pois bem, se você é um cidadão do reino, nesta época, também gostaria de convidar você a agradecer a Deus pelo maior de todos os presentes que já recebeu: a salvação e o privilégio de viver para Deus.

Existe uma pequena parábola de Jesus que mostra que ser cidadão do reino de Deus é dádiva, é presente. É a parábola do camelo e da agulha, que é narrada em três dos quatro evangelhos (Mt 19:23-26; Mc 10:23-27; Lc 18:24-27), sempre depois da história do jovem rico. Ela se constitui de apenas uma frase: É mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que um rico entrar no reino dos céus (Mt 19:24 – NVI).

Jesus faz uma comparação com exagero. O camelo era o animal de maior porte na Palestina, e o fundo de uma agulha, o menor orifício de um objeto familiar. O mestre intencionalmente faz a comparação do maior animal com a menor abertura, para evocar a “impressão do impossível”.

O que Jesus quis ensinar com esta parábola? Lembremo-nos de que a parábola vem depois do incidente com o jovem rico, que queria saber “o que fazer para herdar a vida eterna?”. Depois que ele vai embora, Jesus conta esta parábola, que também é uma resposta a esta pergunta. Depois de contar a parábola, o texto diz que os discípulos de Jesus ficaram “perplexos” com a comparação, e perguntaram: Neste caso, quem pode ser salvo? (Mt 19:25). E porque os discípulos tiveram esta reação? Exatamente, porque os judeus viam as riquezas como uma comprovação da bênção de Deus na vida de uma pessoa.

Tente seguir a lógica dos discípulos: se o rico (na mente deles, alguém abençoado por Deus) não pode se salvar, então, quem pode? Jesus lhes responde: Para o homem é impossível, mas para Deus todas as coisas são possíveis (Mt 19:26). Noutras palavras, Jesus está mostrando que a salvação é um presente da graça de Deus. Sem o poder de Deus, de fato, ninguém pode se salvar, ninguém pode ser um cidadão do reino de Deus! A salvação só é possível por causa da graça!

Você conhece alguém que confia demais em si mesmo? Conhece alguém que confia demais naquilo que têm? Se você é um cidadão do reino de Deus, precisa correr para bem longe destes caminhos. Uma pessoa autossuficiente não consegue admitir as suas falhas e limitações. O nosso desafio diante desta parábola é reconhecer que por nós mesmos não poderíamos entrar no reino de Deus. A salvação é sempre um milagre da graça de Deus.

Diante disso, se você é um salvo, um cidadão do reino de Deus, saiba: não é por causa de você ou dos seus méritos. Por isso, gostaria de convidá-lo hoje, a louvar a Deus por seu grande amor e a confiar nele, ainda mais! Agradeça-o sempre pelo maior dos presentes, diante do qual, os outros diminuem o brilho.
Pense nisso.

GOSTOU? QUE TAL COMPARTILHAR?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Abrir chat
Precisa de ajuda?