ImagemSite (38)

O preço da doação

A doação tem um preço: desprendimento. Se não existir despojamento, desprendimento haverá angústia de alma. Sem desprendimento não há doação verdadeira. Se não houver desprendimento, a doação torna-se: bajulação, tentativa de suborno ou promoção pessoal.

Doar é comprometer-se em fazer coisas, sem querer restituição. É fazer como Jesus disse, com uma mão sem que a outra veja (Mt 6:3), pois quando doamos, somos chamados a priorização, a promoção do outro e a elevação de terceiros, sendo, este tipo de gesto que agrada ao Senhor. Além da discrição, é esperado alegria quando se doa (2 Co 9:7), pois, Deus se agrada do que é espontâneo e feito de coração. 

Doar é ser imitador de Deus. É praticar o verdadeiro sentido da palavra esmola. É dividir com o outro aquilo que você tem, pelo simples fato de que se deve fazer, e principalmente, depois que se encontra o Mestre de Nazaré, doar é um prazer, como Ele mesmo disse: “É mais feliz quem dá do que quem recebe” (At 20.35 NTLH).

 

Andrei Sampaio Soares

GOSTOU? QUE TAL COMPARTILHAR?

Precisa de ajuda?